Biologia 10

As Fichas de Trabalho de Biologia e Geologia, cuja referência individual ainda menciona a sua disponibilidade em Formato PDF, passaram a ser vendidas em Formato FlippingBook com função Imprimir, Personalizadas com Logótipo da Escola e/ou Nome do(a) Professor(a) / Aluno(a) + Proposta de Correcção. Na compra de mais do que uma ficha, estas serão reunidas no mesmo FlippingBook.
 
Ordenar Por: :
  • Termorregulação – um exemplo de regulação nervosa (FBIO10_121)
    O sistema nervoso regula a temperatura corporal através de mecanismos de feedback negativo, dado que o efeito vai contrariar a causa. As células termo-sensoriais da pele (receptores do calor e do frio), quando estimuladas, geram impulsos nervosos, que são conduzidos até ao hipotálamo, centro regulador da temperatura corporal. O hipotálamo actua sobre diversos órgãos efectores: vasos sanguíneos, glândulas sudoríparas e músculos.

    Ficha de Trabalho em Formato PDF (permite impressão em alta resolução e adicionar notas ou anotações / não permite copiar e colar nem fazer alterações), Personalizada com Logótipo e/ou Dados Pessoais + Proposta de Correcção. Anterior Acordo Ortográfico por Defeito, mas Pode Pedir-se de Acordo com o Novo Acordo Ortográfico.
     
  • Osmorregulação em invertebrados de água salgada (FBIO10_122)
    A maioria dos invertebrados marinhos é osmoconformante, ou seja, tem uma osmolaridade (concentração de solutos - moles de soluto por litro de água) igual à da água do mar. Alguns, contudo, são osmorreguladores, mantendo os fluidos internos com uma concentração diferente da concentração da água onde vivem.

    Ficha de Trabalho em Formato PDF (permite impressão em alta resolução e adicionar notas ou anotações / não permite copiar e colar nem fazer alterações), Personalizada com Logótipo e/ou Dados Pessoais + Proposta de Correcção. Anterior Acordo Ortográfico por Defeito, mas Pode Pedir-se de Acordo com o Novo Acordo Ortográfico.
     
  • Osmorregulação em vertebrados aquáticos e terrestres (FBIO10_123)
    Os peixes ósseos são animais osmorreguladores. Espécies de água doce mantêm o meio interno hipertónico em relação ao meio externo e espécies de água salgada mantêm os fluidos internos hipotónicos em relação à água do mar.

    Ficha de Trabalho em Formato PDF (permite impressão em alta resolução e adicionar notas ou anotações / não permite copiar e colar nem fazer alterações), Personalizada com Logótipo e/ou Dados Pessoais + Proposta de Correcção. Anterior Acordo Ortográfico por Defeito, mas Pode Pedir-se de Acordo com o Novo Acordo Ortográfico.
     
  • Sistema excretor humano e osmorregulação (FBIO10_124)
    Em muitos vertebrados, nomeadamente nos seres humanos, o sistema excretor desempenha um papel crucial no controlo da concentração de água e de iões do meio interno – osmorregulação. Após a filtração, que ocorre na cápsula de Bowman, muitas das substâncias são reabsorvidas, por difusão e transporte activo. A glicose e os aminoácidos são reabsorvidos através do tubo contornado proximal. A porção descendente da ansa de Henle é impermeável aos sais e aos iões e permeável à água. A porção ascendente da ansa de Henle é permeável aos sais e aos iões e impermeável à água. O tubo contornado distal e o tubo colector são permeáveis à água e aos sais e iões.

    Ficha de Trabalho em Formato PDF (permite impressão em alta resolução e adicionar notas ou anotações / não permite copiar e colar nem fazer alterações), Personalizada com Logótipo e/ou Dados Pessoais + Proposta de Correcção. Anterior Acordo Ortográfico por Defeito, mas Pode Pedir-se de Acordo com o Novo Acordo Ortográfico.
     
  • Sistema excretor humano e osmorregulação (2) (FBIO10_125)
    O processo de excreção, realizado pelos rins, envolve três fenómenos: filtração, reabsorção e secreção. A filtração do sangue ocorre quando os capilares do glomérulo deixam passar para a cápsula de Bowman diversas substâncias, que constituem o filtrado glomerular. O filtrado glomerular, em termos de composição, é idêntico ao plasma sanguíneo, excepto no que respeita a macromoléculas que não são capazes de atravessar as paredes dos capilares e da cápsula de Bowman. Grande parte do volume do filtrado, praticamente a totalidade da glicose, dos aminoácidos e das vitaminas, bem como uma parte dos sais, são reabsorvidos ao longo do tubo contornado proximal, da ansa de Henle e do tubo contornado distal. A reabsorção faz-se, em grande parte, por transporte activo do filtrado para os capilares.

    Ficha de Trabalho em Formato PDF (permite impressão em alta resolução e adicionar notas ou anotações / não permite copiar e colar nem fazer alterações), Personalizada com Logótipo e/ou Dados Pessoais + Proposta de Correcção. Anterior Acordo Ortográfico por Defeito, mas Pode Pedir-se de Acordo com o Novo Acordo Ortográfico.
     
  • Osmorregulação – um exemplo de regulação hormonal (FBIO10_126)
    A quantidade de água reabsorvida e a concentração final da urina dependem da permeabilidade das paredes do tubo contornado distal e, sobretudo, do tubo colector. Esta permeabilidade é controlada pela hormona antidiurética (ADH), que é produzida pelo hipotálamo e libertada pela hipófise. 

    Ficha de Trabalho em Formato PDF (permite impressão em alta resolução e adicionar notas ou anotações / não permite copiar e colar nem fazer alterações), Personalizada com Logótipo e/ou Dados Pessoais + Proposta de Correcção. Anterior Acordo Ortográfico por Defeito, mas Pode Pedir-se de Acordo com o Novo Acordo Ortográfico.
     
  • Osmorregulação em meios aquático e terrestre (FBIO10_127)
    As aves marinhas e alguns répteis ingerem água salgada juntamente com o alimento.
    Os animais terrestres perdem água por evaporação nas superfícies respiratórias e na pele, através dos fenómenos de excreção urinária e eliminação das fezes. No sentido de repor estas perdas, estes animais têm de ingerir grande quantidade de água. Por outro lado, têm de conservá-la, recorrendo a um sistema excretor muito eficiente. Os insectos e as aranhas possuem um sistema excretor constituído por túbulos de Malpighi, que operam juntamente com glândulas especializadas, presentes nas paredes do recto.

    Ficha de Trabalho em Formato PDF (permite impressão em alta resolução e adicionar notas ou anotações / não permite copiar e colar nem fazer alterações), Personalizada com Logótipo e/ou Dados Pessoais + Proposta de Correcção. Anterior Acordo Ortográfico por Defeito, mas Pode Pedir-se de Acordo com o Novo Acordo Ortográfico.
     
  • Osmorregulação em vertebrados – peixes ósseos (FBIO10_128)
    Os peixes ósseos, sejam de água doce ou de água salgada, mantêm a pressão osmótica dos seus fluidos corporais em homeostasia. Nos peixes ósseos marinhos, os fluidos corporais são hipotónicos em relação ao meio e os peixes ósseos de água doce apresentam um meio interno hipertónico em relação ao meio.

    Ficha de Trabalho em Formato PDF (permite impressão em alta resolução e adicionar notas ou anotações / não permite copiar e colar nem fazer alterações), Personalizada com Logótipo e/ou Dados Pessoais + Proposta de Correcção. Anterior Acordo Ortográfico por Defeito, mas Pode Pedir-se de Acordo com o Novo Acordo Ortográfico.
     
  • Descoberta da primeira hormona vegetal - auxina (FBIO10_129)
    Em resposta a factores externos, as plantas produzem mensageiros químicos, as hormonas vegetais ou fito-hormonas, que actuam em células-alvo, desencadeando respostas. Em resposta a estímulos, como por exemplo a luz, as plantas respondem evidenciando movimentos. Estas respostas das plantas designam-se tropismo que, no caso de o estímulo ser a luz é o fototropismo.

    Ficha de Trabalho em Formato PDF (permite impressão em alta resolução e adicionar notas ou anotações / não permite copiar e colar nem fazer alterações), Personalizada com Logótipo e/ou Dados Pessoais + Proposta de Correcção. Anterior Acordo Ortográfico por Defeito, mas Pode Pedir-se de Acordo com o Novo Acordo Ortográfico.
     
  • Acção das hormonas no desenvolvimento das plantas (FBIO10_130)
    Os mecanismos envolvidos nas respostas das plantas a estímulos ambientais têm sido objecto de numerosas investigações. No século XIX, Charles Darwin e o seu filho Francis realizaram uma série de experiências, nas quais utilizaram sementes de aveia, sobre o crescimento de plantas à luz. Estas experiências permitiram aos investigadores concluir que, quando as plântulas são iluminadas lateralmente, se transmite uma mensagem da parte superior da planta para a parte inferior, o que provoca a curvatura dos coleóptilos. Em 1926, Frits Went deu seguimento às experiências de Darwin.

    Ficha de Trabalho em Formato PDF (permite impressão em alta resolução e adicionar notas ou anotações / não permite copiar e colar nem fazer alterações), Personalizada com Logótipo e/ou Dados Pessoais + Proposta de Correcção. Anterior Acordo Ortográfico por Defeito, mas Pode Pedir-se de Acordo com o Novo Acordo Ortográfico.
     
  • Quando florescem as plantas? (FBIO10_131)
    A floração é, por vezes, uma resposta das plantas ao fotoperíodo (número de horas diárias de luz natural). Há plantas de dia longo, plantas de dia curto, plantas de dia intermédio e outras ainda que são neutras ou indiferentes, respondendo a outros estímulos para florir. A duração mínima ou máxima de obscuridade capaz de provocar a floração chama-se período crítico de obscuridade.

    Ficha de Trabalho em Formato PDF (permite impressão em alta resolução e adicionar notas ou anotações / não permite copiar e colar nem fazer alterações), Personalizada com Logótipo e/ou Dados Pessoais + Proposta de Correcção. Anterior Acordo Ortográfico por Defeito, mas Pode Pedir-se de Acordo com o Novo Acordo Ortográfico.
     
Por Página      121 - 131 of 131

OBRIGADO POR CONFIAR EM NÓS!

  • Ilha do Saber
  • Agrupamento de Escolas n.º 2 de Beja
  • Escola Secundária Martins Sarmento
  • Escola Secundária Camilo Castelo Branco (Vila Real)
  • Agrupamento de Escolas da Sé (Guarda)
  • Agrupamento de Escolas Santos Simões
  • Agrupamento de Escolas Professor Lindley Cintra
  • Agrupamento de Escolas Morgado de Mateus
  • Agrupamento de Escolas de Ansião
  • Escola Secundária do Castelo da Maia
  • Escola Secundária Quinta do Marquês
  • Escola Secundária Eça de Queirós
  • Centro Psicopedagógico da Trofa
  • Agrupamento de Escolas da Lixa / Felgueiras
  • Agrupamento de Escolas Dr. Manuel Gomes de Almeida - Espinho
  • Agrupamento de Escolas Nuno Álvares (Castelo Branco)
  • Agrupamento de Escolas Vila Pouca de Aguiar Sul
  • Escola Secundária Maria Amália Vaz de Carvalho
  • Escola Secundária Conde de Monsaraz
  • Escola Secundária Clara de Resende
  • Agrupamento de Escolas de Barcelos
  • Escola Secundária António Damásio
  • Escola Secundária de Almeida Garrett - Vila Nova de Gaia
  • Escola Secundária Adolfo Portela - Águeda
  • Agrupamento de Escolas de Arouca
  • Agrupamento de Escolas da Batalha
  • Agrupamento de Escolas Santa Maria da Feira
  • Agrupamento de Escolas João de Barros
  • Agrupamento de Escolas Fernão de Magalhães
  • Escola Secundária de Moura
  • Escola Secundária Jaime Moniz
  • Agrupamento de Escolas Figueira Norte
  • Agrupamento de Escolas Vale do Tamel
  • Agrupamento de Escolas do Bonfim / Portalegre
  • Escola Secundária de Gago Coutinho
  • Agrupamento de Escolas de Albergaria-A-Velha
  • Colégio Casa-Mãe
  • Agrupamento de Escolas de Vila Flor
  • Escola Secundária / 3 Amarante
  • Didáxis - Cooperativa de Ensino, CRL
  • Escola Secundária Camilo Castelo Branco
  • Instituto Vaz Serra
  • Escola Secundária Quinta das Flores
  • Escola Básica e Secundária de Santa Maria
  • Didáxis - Cooperativa de Ensino, C.R.L.
  • Colégio Dr. Luís Pereira da Costa
  • Escola Secundária José Afonso
  • Agrupamento de Escolas Anselmo de Andrade
  • Agrupamento de Escolas Dr. António Granjo
  • Agrupamento de Escolas de Monserrate
  • Agrupamento Escolas José Belchior Viegas - São Brás de Alportel
  • Colégio Rainha D. Leonor
  • O Mundo da Sabedoria / Sala de Estudo
  • Escola Secundária de Tondela
  • Escola Secundária de Camarate
  • Escola Secundária Manuel Arriaga
  • Agrupamento de Escolas de Montemor-o-Velho
  • Agrupamento de Escolas de Mogadouro
  • Agrupamento de Escolas Madeira Torres
  • Agrupamento de Escolas de Sá de Miranda
  • Agrupamento de Escolas Fernão do Pó / Bombarral
  • Agrupamento de Escolas São Pedro do Sul
  • Agrupamento de Escolas Dr.ª Laura Ayres
  • Escola Secundária Franscisco Rodrigues Lobo

Powered by Abantecart eCommerce Solution